Publicado em Deixe um comentário

Porque fazer uma certificação Lean Six Sigma?

Processos enxutos

Six Sigma é uma técnica de gestão que visa desenvolver e entregar produtos e serviços com alto valor agregado em termos de qualidade. Neste contexto, certificações nesta área de conhecimento são amplamente aceitas e fornecem caminhos científicos para ajudar indivíduos e organizações a concluir projetos com maior eficiência, aumentando o Returno on Investment (ROI) e a satisfação do cliente.

Muitas organizações em todo o mundo adotaram Six Sigma e Lean para aumentar a qualidade dos seus produtos e serviços, reduzindo custos através da redução de defeitos e remoção de ineficiências. Portanto, existem inúmeros benefícios da adoção do Six Sigma.

Lean

Em principio, o termo Lean foi criado por um estudante no Massachusetts Institute of Technology (MIT) ao realizar pesquisas para descobrir as diferenças entre alguns fabricantes de automóveis japoneses e fabricantes de automóveis norte-americanos tradicionais.

Sendo assim, no conceito do Lean está a determinação do valor. Valor no sentido de pensar quais processos são importantes para produzir um item ou recurso, tornando o cliente disposto a pagar por ele. A estrutura Lean ajuda concentrar recursos e energias na produção de recursos de valor agregado, ao mesmo tempo em que identifica e elimina atividades sem valor agregado.

ROI

Profissionais certificados no mercado de trabalho possuem grande demanda porque ajudam as organizações na melhoria do gerenciamento de projetos, levando a um aumento do ROI. Aproveite a oportunidade e junte-se a esta crescente comunidade. Trata-se da melhoria no nível de processos e resultados de qualidade organizacional.

Ora, segundo Slack et al. (2013), as operações, mesmo as que são bem gerenciadas, são passíveis de melhorias. Uma melhoria diminui a diferença entre o desempenho real e o desejado de uma operação ou processo.

O ponto de início para a maioria das melhorias requer dois conjuntos de atividades: primeiro, avaliar o desempenho corrente de cada processo e operação e segundo, decidir sobre uma meta de desempenho adequada.

Os caminhos mais comuns que representam diferentes filosofias de melhorias, embora ambos possam ser adequados em diferentes momentos, são as inovações e a melhoria continua. Portanto, as inovações focam nas mudanças drásticas e mais planejadas para resultar em aumentos fortes de desempenho. Exemplo: a abordagem de reengenharia de processos de negócios.

As melhorias contínuas focam nas melhorias pequenas, mas nunca finitas, deveriam tornar-se parte da vida normal da operação. Seu objetivo é fazer da melhoria parte da cultura da organização.

DMAIC

DMAIC (um acrônimo para Definir, Medir, Analisar, Melhorar e Controlar) refere-se a um ciclo de melhoria conduzido por dados usados para melhorar, otimizar e estabilizar os processos e projetos de negócios. O ciclo de melhoria DMAIC é a principal ferramenta usada para conduzir projetos Six Sigma. No entanto, o DMAIC não é exclusivo do Six Sigma e pode ser usado como estrutura para outras aplicações de melhoria.

Todas as etapas do processo DMAIC são necessárias e sempre são executadas na ordem determinada.

Foco no Cliente

Como resultado, as organizações buscando sucesso, adotam o método Six Sigma de forma sistemática e mensurável, aumentando o valor agregado e se tornando mais competitivas. Assim, conquistam qualidade consciente e direcionam o foco no cliente. Alguns dos benefícios que derivam das iniciativas Six Sigma são:

• Prevenção de desperdícios;

• Redução de defeitos;

• Redução no tempo de ciclo;

• Contingência de custos;

• Melhoria no percentual de cota de mercado.

Treinamento Curso Certificação Six Sigma Yellow Belt
Six Sigma Yellow Belt (SSYB™)

Se você gostou deste conteúdo faça uma certificação Yellow Belt Six Sigma100% gratuita.

Referência

Slack et al. (2013)

Publicado por:

O Dr. Eder Alves é fundador e principal consultor da PredictON. Possui background acadêmico em Administração de Empresas e Ciência da Computação com áreas de concentração em estratágia empresarial, inovação e gerenciamento de projetos. Adquiriu conhecimentos ao longo da vida universitária em sistemas de tecnologia da informação, gerenciando projetos complexos e programas para empresa globais como IBM e Freescale Semiconductor. É portador das credenciais PMP e Scrum Master Certified.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.